Nossa garota

Nossa garota

quarta-feira, 16 de março de 2011

O momento certo de cruzar a sua cadela

O momento certo de cruzar a sua cadela


Veja algumas dicas como só cruzar cadelas com mais de dois anos
Agência Estado


As fêmeas no reino animal desempenham vários papéis importantes para continuidade da espécie e um deles é a reprodução.


Mas muita lenda envolve esse tema e informações equivocadas podem transformar a maternidade canina em um momento difícil para todos.


Perguntas sobre ser ou não necessário cruzar e quando fazer isso são frequentes em consultórios veterinários.


O problema é quando os donos seguem conselhos de pessoas desinformadas, cruzam suas fêmeas sem nenhum critério nem acompanhamento veterinário e chegam aos médicos com fêmeas com início de aborto ou doenças mais graves.
Antes de qualquer coisa, é bom saber que a cadela também tem um período de desenvolvimento do aparelho reprodutor.
"Esse amadurecimento, para que o útero possa desenvolver de forma adequada os óvulos, demora pelo menos três cios. Levando em consideração que uma cadela tem o primeiro cio com oito meses e os demais a cada seis meses, ela precisará ter, pelo menos, dois anos para que possa reproduzir", explica a veterinária Patrícia Tahan.
A prenhez precisa de outros cuidados, como vermifugar a fêmea com dois meses de antecedência, estar com as vacinas em dia e fazer exames clínicos para ver se há algum problema com ela e com o macho, seu futuro namorado, pois os cães podem ser infectados durante o acasalamento.
As disfunções mais comuns são a brucelose (bactéria que pode causar infecções, aborto e infertilidade) e o tumor venério transmitido, que causa tumores nos genitais.
A gestação dura em torno de 62 dias e os donos precisam estar atentos para o dia do parto. Marcar o dia do cruzamento, fazer ultra-som com 45 dias e raio-x próximo ao término da gestação garantem mais tranquilidade.
O ultrassom serve para ver se o desenvolvimento dos fetos está correto e o raio-x para saber quantos filhotes a cadela terá.
Um aspecto importante quando pensamos em cruzar um animal é o destino dos filhotes: uma cadela pode ter mais que 12, dependendo da raça.
Isso implica aguardar o período de amamentação e gastar com vacinas, ração e limpeza. Além disso, algumas raças têm dificuldades no parto ou só podem parir com cesariana.
Por isso é bom ter certeza se é isso que você quer: os gastos são altos e o trabalho é grande.

Dicas:

Só cruzar cadelas com mais de dois anos
Vermifugar a fêmea com dois meses de antecedência e manter as vacinas em dia
Fazer exames para ver se está tudo certo com ela e com o macho: eles podem contrair disfunções como a brucelose e o tumor venério transmitido
Fazer ultra-som com 45 dias e raio-x perto ao fim da gestação, para ver os filhotes
Levar a cadela ao veterinário para fazer o acompanhamento da gestação

Fonte de pesquisa :


http://www.bemparana.com.br/index.php?n=100140&t=o-momento-certo-de-cruzar-a-sua-cadela

Nenhum comentário: