Nossa garota

Nossa garota

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Fotos retiradas da internet .











Concurso sobre a Raça Rottweiler.

Atençao Pessoal.

Estamos lançando o primeiro concurso Rottweiler um caopanheiro. 


1) O torneio baseia -se em depoimentos sobre a raça Rottweiler. Vale comentários para defender a raça como também quem já passou um susto ou foi atacado por um Rottweiler. A regra e clara . O Cometário que mais for votado pelas pessoas que visitam o nosso blog terão a foto de seu rottweiler ou sua matéria (depoimento) publicado em nosso Blog . Começa  já. O que vc esta esperando mande sua historia, seu elogio a raça ou sua raiva do cão . Eu Garanto que publicarei todos os comentários sem moderação alguma . Em 20 de dezembro os visitantes e administradores do blog escolherão o comentário mais votado. não percam o tempo. Quem quiser mandar fotos de seus bichanos poderá enviar pelo meu e-mail gaburri2099@hotmail.com . Aproveitem . Estamos desde agora aguardando seu comentário. Obrigado . 

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Esclarecimento sobre a Raça ROTTWEILER

Ajuda - Perguntas frequentes

Aviso importante:
Em momento algum, o Rottweiler Clube de Portugal, Órgãos Sociais e todos os  seus colaboradores (diretos ou indiretos), podem ser responsabilizados por qualquer texto ou conselho apresentado neste sitio de internet. Cada cão é um individuo dentro da sua espécie ou raça, pelo que o seu comportamento pode variar em função de fatores genéticos e ambientais.
Para o bem ou para o mal, o dono de um cão, será sempre o principal responsável pelo comportamento do mesmo.

O Rottweiler está abrangido por leis governamentais especificas?

Existem alguns países, como por exemplo Portugal e Espanha, onde são aplicadas medidas especificasc2.png para a raça Rottweiler e seus proprietários. São exemplo disso a obrigatoriedade de o cão usar açaime e trela (max 1m) quando passeado na via publica, obrigatoriedade de um seguro de responsabilidade civil, Obrigatoriedade de colocação de Micro chip, Obrigatoriedade de proceder à castração/esterilização caso o exemplar em causa não tenha LOP (Caso de Portugal), o proprietário do cão não deverá ter qualquer cadastro, o cão deve ser anualmente registado na Junta de Freguesia da residência (caso de Portugal), entre outros.

O Rottweiler é um cão agressivo?

Não. Um Rottweiler com bom Pedigree (Certificado genealógico), boa educação e sociabilização não trará problemas de maior. Contudo, será um cão que quando provocado, o seu dono ameaçado ou o seu território invadido, poderá impor-se. Nunca deve ser estimulado a ser agressivo e o seu instinto nato de guarda deve ser moldado através de treino.

É dispendioso ter um Rottweiler?

Será importante perceber que o custo de ter um cão, não está apenas no ato da compra, mas sim em todos os aspetos inerentes à sua vida e bem estar. São exemplo disso, os cuidados de saúde, alimentação de qualidade, treino adequado, obrigações legais, entre outros. Se considerarmos todos estes aspetos, poderemos dizer que ter um Rottweiler, é dispendioso.

O Rottweiler pode viver num apartamento?

Sim, embora não seja a situação ideal. Esta opção vai exigir mais dos seus donos, requerendo maior atenção e passeios frequentes ou longos. O cão não deve estar confinado a uma divisão/varanda afim de evitar o stress que o pode tornar agressivo e/ou destruidor. Um bom quintal/terreno (com uma vedação alta) onde o cão possa estar solto na ausência dos donos seria o adequado. Contudo, existem inúmeras pessoas que relatam com sucesso a vivência de um Rottweiler em apartamento.

É verdade que o Rottweiler só aceita um dono?

Todos os cães, por natureza, elegem (visível ou não) um dono e o Rottweiler não foge à regra. Dado tratar-se de um cão com um forte caráter, é fundamental que exista alguém com pulso para a sua educação no sentido de o orientar e mostrar que ele é o ultimo na hierarquia familiar. Certifique-se que em casa todos vão respeitar o cão, as normas impostas para a sua educação, bem como não exista receio de cães. O Rottweiler é um excelente cão de companhia e adora ser inserido na vida familiar. Assim, podemos dizer que um Rottweiler, poderá "responder" e obedecer aos vários elementos de uma familia.

Os Rottweilers são perigosos para as crianças?

Em condições normais, um cão equilibrado, educado e sociabilizado integrará bem uma família e será tolerante para as crianças. Estas, também devem ser orientadas e supervisionadas enquanto na presença do cão. Os perigos existentes passam pelo porte do cão que numa brincadeira pode "atropelar" uma criança. É importante dizer que cada caso é um caso e como em qualquer outra raça, a tolerância varia de cão para cão. As fêmeas poderão ser a melhor opção. Gostaríamos de salientar que, se em ambiente familiar o relacionamento cão/criança deve ser sempre vigiado, fora dele é obrigatório. As crianças que encontramos na rua poderão não estar familiarizadas com cães, podem fugir em pânico, serem bruscas e/ou agressivas. O cão, perante estes cenários, poderá despertar em si os seus instintos naturais de defesa ou de presa.

Tenho um Rottweiler e estou à espera de bebé, o que fazer? 

A existência de um Rottweiler no seio familiar, não deverá ser impeditiva para a chegada de um bebé. A integração é perfeitamente possível, não devendo o cão passar para segundo plano (menos atenção, menos passeios, perca de liberdade, etc.).  
A apresentação do bebé, inicialmente, pode ser feita de forma indireta, tendo o cão contato com o odor da roupa da criança recém nascida. Inclusive, recorrer a um boneco que pode ser vestido com essas mesmas roupas e o qual emite sons similares a uma criança. Ainda assim, com naturalidade e sentido de responsabilidade, a integração pode ocorrer de forma natural.

Os Rottweilers podem andar soltos?

A lei é igual para todos, ou seja, quando passeado na via pública, o cão deverá estar sempre à trela (Consoante o país poderão haver obrigações adicionais). É preciso saber respeitar quem tem medo de cães e quem não gosta deles. Aliado a estes aspectos há que ter em conta que um cão solto na rua pode provocar acidentes de viação, pelos quais o dono será responsabilizado. Como em tudo na vida, os descuidos ou o excesso de confiança pode levar aos acidentes. Para nós, que sofremos do estigma de ter um Rottweiler, cuja reputação erradamente é aquilo que se sabe, devemos contribuir diariamente para inverter esta situação, cumprindo com as obrigações exigidas.

Como se dão os Rottweilers com outros cães?

Um cão equilibrado, educado e sociabilizado desde cachorro com outros animais não trará problemas de maior. O relacionamento entre cães do mesmo sexo é sempre mais complicado se ambos tiverem um caráter forte. Estas situações verificam-se na disputa de um lugar, brinquedo, comida ou por um canídeo do sexo oposto. O relacionamento entre cadelas poderá complicar-se na altura do cio. A tolerância poderá variar de cão para cão, mas o Rottweiler devido à sua capacidade de aprendizagem poderá ser moldado. 

Se já tem cães, deve considerar o seguinte:
Caso já existam cães residentes na casa, todo o processo de integração, poderá ser mais delicado. A integração, irá depender de aspetos como a experiencia dos donos, o temperamento dos cães envolvidos (residentes e recém chegado) e a própria logística da casa (mecanismos para os cães – se necessário – viverem separados). 

A apresentação do novo cão, deve ser feita em território neutro (aproveitar a rua / um passeio), evitando a apresentação no espaço já pertencente aos residentes. Esta situação pode gerar agressividade territorial.

Qual a melhor opção, macho ou fêmea?

Se for o seu primeiro cão, poderá ser preferível optar por uma fêmea. Estas são mais tolerantes, mais fáceis de treinar, menos corpulentas e talvez mais apegadas ao dono. No entanto, não pense que não são excelentes guardas ou menos destemidas. Os machos são fortes, de caráter vincado, e devido ao facto de amadurecerem mais tarde, poderão ser mais "trabalhosos" de treinar.

O Rottweiler é um cão que ladra de forma "sistemática"?

O Rottweiler não é o tipo de cão que ladre sem razão, fá-lo apenas em situação de guarda. A probalidade de incomodar os vizinhos é baixa.

Qual o melhor sítio para comprar um cachorro?

A escolha de um Rottweiler, no caso da compra, não deve passar apenas pelo seu valor de venda, mas sim pela qualidade genética do cão. Recorrer a criadores ligados ao clube da raça, deve ser a primeira opção. Ainda assim, a exigência de quem compra não deve ser descurada ou facilitada. Os criadores devem mostrar disponibilidade, conhecimento e serem exigentes com o perfil de quem lhes compra um cachorro.
A tentação de comprar em lojas ou através de amigos que facilitam a venda, deve ser evitada. Aquilo que pode parecer uma boa opção, a médio longo prazo, pode ser uma fonte de problemas (saúde – comportamento).

O facto de não se desejar um cão para exposição ou provas de trabalho, não deve ser razão para descurar as preocupações inerentes a uma boa seleção.  Os exemplares mais equilibrados tem na sua ascendência progenitores que foram validados nos seus aspetos morfológicos e funcionais.

O que exigir de um criador?

É importante sentir e perceber que o criador é uma pessoa séria e conhecedora da raça; compete em exposições/provas de trabalho; apresenta certificados de Displasia (válidos para reprodução); os reprodutores estão à vista; identifica os exemplares; e possui infra-estruturas visíveis para a criação. Deve ser alguém que se interessa por conhecer quem lhe quer comprar um cachorro, assim como, tenta saber quais as razões e condições do comprador. Deverá ainda ser conselheiro sobre o comportamento da raça, principalmente na fase de crescimento do cachorro.
Nota: O licenciamento de canil (emitido pela DGAV), deve ser exigido ao criador, garantindo que o mesmo está em conformidade com a legislação portuguesa, inerente à criação de raças consideradas "potencialmente perigosas".

Adotar um Rottweiler

A possibilidade de adoção não deve ser descurada, nem tão pouco vista com apreensão. No entanto, é importante conhecer o melhor possível os antecedentes do cão a adotar e aferir se os mesmos, se adequam à nova casa e ao novo dono. Caso estes requisitos sejam validados, a adoção e a idade não devem ser um obstáculo. 

Em caso de cães que apresentem um temperamento mais complicado e um caráter mais forte, é recomendável que adoção seja feita por pessoas experientes. 

Adotar um cão é um ato de nobreza e não uma experiencia.

O que é a Parvovirose ?

Denomina-se Parvovirose à doença infecto-contagiosa provocada pelo “parvovirus canino”. Este vírus apresenta tropismo para as células em multiplicação activa como as células cardíacas e as células do intestino. A destruição celular vai provocar morte súbita no caso de atingir o coração (forma cardiaca) e gastroenterite quando há destruição das células intestinais (forma entérica). Estas duas formas da doença são provocadas por duas estipes diferentes sendo a mais prevalente a estirpe responsável pela forma entérica.
A gastroenterite provocada pelo parvovirus tem como principais sintomas o vómito, a diarreia (a maior parte das vezes hemorrágica e de odor pútrido característico), febre, prostração e desidratação. Os sintomas surgem 4 a 7 dias após a exposição ao vírus.
O parvovirus é transmitido por via fecal-oral ou seja as fezes são a principal fonte de transmissão tendo-se chegado à conclusão que a simples fração de 1 grama de fezes infectadas têm quantidades de vírus suficientes para provocar doença a 5000 cães susceptíveis.
Sendo um vírus dotado de uma grande resistência no meio ambiente há possibilidade de transmissão da doença através de fomites (objectos inanimados). O vírus resiste até oito meses no meio ambiente. A desinfecção do local infectado pode ser feita com uma diluição de 1/32 de hipoclorito de sódio ( lixívia).
A vacinação é o único meio de prevenção e controlo da infeção. É importante a vacinação materna pois esta possibilita uma passagem de imunidade da mãe para o filho através do colostro ( 95% da imunidade ), esta proteção conferida pelos anticorpos maternos começa a ser ineficaz apartir das seis semanas, altura em que o cachorro deve iniciar o seu esquema de primovacinação. Durante a fase de primovacinação o cachorro deve ser protegido de modo a evitar a infeção, logo quer o contato com animais exteriores quer os passeios na rua devem ser evitados.
Dr. Bruno Mendes

Qual o peso ideal do meu cachorro ?

Tabela Crescimento/Peso "Padrão" de um Rottweiler 
MesesQuilogramas
2 7,5kg
3 14kg
4 17,5kg
 22,5kg
6 25kg
 727,5kg
 8 29kg
 9 31kg
10  32,5kg
11  33,5kg
12  34kg
13  35kg
14  36kg
15  37kg
16  38kg
17  39kg
18  40kg

É de referir  que  estes  são valores médios de referência  e que não diferenciam machos de fêmeas.
Por outro lado cada animal é um caso individual pois o  seu peso num  dado momento  varia  com  o tipo  de  alimentação, exercício e informação genética.
Para avaliar se  o animal  esta  dentro dos parâmetros normais  de peso é  importante ter em conta a estatura do  animal, a sua massa  muscular e também a  massa adiposa(condição corporal).
Dr. Bruno Mendes


Fonte de Pesquisa  :http://www.rcp.pt/rottweiler/perguntas-frequentes/

sexta-feira, 8 de julho de 2016

MUDE SEU PENSAMENTO

Muitos até hoje associam a raça de cão Rottweiler a assassinos . E a frase do banner diz tudo ;" NÃO É A RAÇA ...  É COMO SE CRIA  




segunda-feira, 4 de julho de 2016

Nossa menina de sete anos brincando com nosso Beagle de onze meses.

  Pessoal esse vídeo foi feito rapidamente e sem nenhuma técnica . Apenas estávamos escutando musica e nossa garotona resolveu brincar com nosso Beagle que e muito bagunceiro. Desde o inicio do blog tentamos mostrar que o rottweiler quando e educado e socializado torna-se um cão maravilhoso. Desculpem pelo vídeo pois nao deu tempo de editar. Obrigado João Batista

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Aprenda como escovar os dentes do cachorro

Muitos donos de cachorros se esquecem de cuidar da higiene oral do seu animal de estimação e não percebem sequer a importância deste gênero de limpeza, no entanto é bem mais importante do que aparenta, pois a escovagem dos dentes previne eficazmente o tártaro e claro, também previne o mau hálito que os cachorros desenvolvem com facilidade. 



quarta-feira, 6 de abril de 2016

Criadores da raça rottweiler expõe no 1º Encontro de Criadores



O organizador do evento Cristiano Calu é apaixonado pela raça
“O cão é a imagem do dono”. É com esse slogan que um grupo de pessoas vai promover em Roraima o 1º Encontro de Criadores de Rottweiler. O evento está programado para próximo 9 de abril, às 16h, no Parque Anauá. A iniciativa contará com mais de 100 criadores da raça e respectivos cães. Também a participação do Canil da Polícia Militar, serviços de saúde e orientação animal, além do desfile da raça e sorteios.

O Rottweiler geralmente é rotulado como agressivo devido ao porte físico, força e tamanho. E é justamente para combater a imagem ruim e desmitificar a má ideia que o encontro é organizado. Segundo a comissão que propõe o evento, especialistas mostram que o animal é o reflexo da criação estabelecida pelo dono, isso quer dizer que, dependendo de como o cachorro é domesticado, pode ter o temperamento dócil ou agressivo, o que vale para qualquer raça.

“Será um encontro de amigos para interagir e aprender uns com os outros. Vamos falar das dificuldades, facilidades e problemas que afetam os animais, além de recebermos orientações sobre infestações e doenças”, ressaltou Cristiano Calu, organizador do evento e policial militar.

Calu destacou ainda que pretende conscientizar as pessoas da essencial necessidade para a sobrevivência do rottweiler, bem como da aquisição de cães de boa procedência, o que contribui para melhorar e aprimorar a raça em Roraima.

A história de Cristiano Calu com animais começou muito cedo, desde os sete anos de idade. Era arrebatado por esses seres de quatro patas, mas também amava todos os tipos de bichos: cães, gatos, pássaros, cavalos, peixes e etc, por causa da simplicidade, ingenuidade e amor verdadeiro. O rapaz não podia avistar um animal na rua, que queria levar para casa e isso era um problema com os pais, pois não era possível abrigar tantos assim em ambiente doméstico.

Com isso criou muitas raças diferentes, como dobermann, fila brasileiro, poodle, fox paulista, pit bull, pug e cães de raça indefinida – o famoso vira-latas. Com 10 anos de idade, conheceu o rottweiler, a raça que, para ele, revolucionaria a adoção de animais. Ficou encantado com tamanho temperamento e índole.

Em 2002 adquiriu o primeiro exemplar, já com quatro anos de idade, o “Baldock”, que foi doado por amigo tenente do Exército. Ele foi transferido para o Rio de Janeiro e não pôde levá-lo. No início foi difícil com relação à adaptação do cão com o novo dono. Com o tempo o amor e admiração por essa raça e a experiência com animais, os fizeram grandes amigos. Hoje Cristiano tem um casal de rottweiler “o Apolo e a Brisa”, dois cães que os faz feliz.

SERVIÇOS

Durante o evento serão oferecidos serviços de vacinação contra o vírus da raiva, banho, tosa e consulta veterinária.

Kennel Clube de Roraima – É associação privada de Boa Vista fundada em 10 de fevereiro de 2000. A principal atividade é a defesa de direitos sociais. Calu confirma a participação da instituição como forma de incentivar a melhoria da raça.

PROGRAMAÇÃO

Após a abertura, às 16h, haverá o passeio a pé no calçadão do Parque Anauá, com a saída pelo portão central seguindo na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, no sentido do Ginásio Totozão.

- Palestras sobre Saúde Animal com um médico veterinário e manejo animal com o especialista na criação da raça;

- Palestras com especialistas em Saúde e Manejo Animal;

- Sorteios de brindes para os participantes que estiverem com a camisa do Encontro;

- Desfiles de Beleza com premiações até o 5º colocado;

- Concurso de adestramento com premiações até o 3º colocado;

- Apresentação do canil da PM de Roraima, adestramento e ações táticas policiais;

- Sorteio de brindes para o público participante em geral;

- Premiações dos concursos de beleza e adestramento.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Segundo site que lançou a matéria ""Mãe de criança morta após ataque de pitbull e rottweiler em Itamaraju faz desabafo""

  Gente assistam o vídeo inteiro e me falem cade o cão da raça rottweiler. Alem de ter um rottweiler com pedigree , neta de campeã pan-americana , neta de campeão brasileiro , e ter um blog para mostar a todos os mitos e verdades sobre a raça, sera que o rottweiler mudou de cor?? Observem e comentem por favor 

Fonte de pesquisa :http://midiabahia.com.br/2016/03/01/mae-de-crianca-morta-apos-ataque-de-pitbull-em-itamaraju-faz-desabafo/

Me digam apos ler a reportagem . A culpa e do Rottweiler???

Um dia após um bebê de 10 meses ter sido atacado por um cão da raça pitbull no bairro de Jaboatão Velho, no município de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, um  caso semelhante foi registrado em Peixinhos, Olinda, também na Região Metropolitana. No domingo (17), um jovem de 14 anos foi atacado por dois cães da raça rottweiler, após pular um muro para colher azeitonas em um terreno localizado na Pan Nordestina.
Emocionada, a mãe do garoto, Jaciara Frederico, conta que filho ia colher azeitonas (Foto: Thays Estarque / G1)Emocionada, a mãe do garoto, Jaciara Frederico,
conta que filho ia colher azeitonas
(Foto: Thays Estarque / G1)
Segundo a mãe do garoto Jaciara Frederico, Daniel Frederico da Silva teve ferimentos nas pernas braço e cabeça. "Ele estava com uma prancha, acho que tinha ido para a praia, e estava voltando para casa em Peixinhos [bairro de Olinda]. Ele inventou de subir nesse pé de azeitona no meio do caminho, pulou o muro, olhou para os dois lados e não viu nenhum cachorro. Quando ele desceu e chegou na árvore foi atacado pelos dois rottweilers", conta a mãe.
O adolescente foi socorrido por um vizinho que ouviu os gritos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Olinda. Por conta da gravidade dos ferimentos, Daniel foi encaminhado para o Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife, ainda no domingo, e dando entrada na unidade por volta das 20h. Segundo o centro médico, ele permanece em observação, mas não corre risco de morte.
Emocionada, a mãe diz não soube o que fazer quando recebeu a notícia do ataque. "Fiquei parada ao ponto do meu filho gritar comigo para eu ir logo. É um impacto tão grande que não tem explicação, eu cheguei em choque. Quando me viu, me deu um abraço e disse que estava doendo muito, que não conseguia sentar. Ele chorava muito de dor. Estou sofrendo o sofrimento dele. Nenhuma mãe devia ver o filho nesse estado", relembra às lagrimas.
Comentario : 
 Gente pergunto a culpa são dos cães que estavam guardando a propiedade ou do menino que invadiu o terreno e foi atacado pelos cães. Mas sabe oque e isso , falar que foi atacado por um pitbul ou rottweiler da audiência , vende jornal .  administrador do blog rottweilerumcaopanheiro
Fonte de pesquisa : http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2016/01/adolescente-e-atacado-por-dois-caes-da-raca-rottweiler-em-olinda.html

terça-feira, 1 de março de 2016

Rottweiler filhote - como não se apaixonar por essa fofura?

A raça Rottweiler é uma das mais bonitas e agradáveis para se ter como animal de estimação. mas é um tipo de cão que precisa de treinamento. Como se trata de um cachorro muito poderoso, se não for bem treinado poderá criar sérios problemas.

O Rottweiler é uma raça muito territorial e protetora, sendo um grande aliado na proteção da casa e da família à qual pertence, e sua presença, pelo simples ato de estar presente, é bastante intimidadora, só que eles podem ser muito dóceis e ligados às pessoas da família. Para isso, é preciso que ele entenda o espaço que ocupa e que deve sempre obedecer ao seu dono.

Para você, que busca ter como animal de estimação um Rottweiler, é preciso entender o temperamento do filhote que você escolher. Muitos deles são bastante apegados e carinhosos, enquanto outros podem se mostrar mais agressivos, seja com outros animais ou com pessoas estranhas à família.
Escolhendo um bom filhote Rottweiler
Com qualquer filhote de cachorro você vai se sentir apaixonado. O filhote de cão sempre desperta nosso lado carinhoso e protetor. Para um filhote Rottweiler não é diferente, ele é carinhoso, ele busca proteção e sua inteligência, muito acima da média para os cães, o torna um dos grandes preferidos na hora de escolher um animal de estimação.
A raça Rottweiler é naturalmente leal aos seus donos e adoram agradá-los. Quando você escolher um filhote, deixe-se apaixonar por ele, mas observe suas reações, como com qualquer outro filhotinho. O treinamento do seu filhote deve começar logo cedo, após a sexta semana de vida, enquanto é mais fácil fazer com que entenda as regras.
O melhor da raça Rottweiler é que eles adoram aprender. Quanto mais tempo você puder ficar perto dele, mais ele vai se dedicar ao aprendizado. Você não pode deixá-lo desenvolver sua capacidade destrutiva: quando filhotes, os Rottweiler geralmente têm uma tendência a destruir brinquedos e outros objetos que estejam acessíveis. Verifique se ele é teimoso: quando teimoso, será mais difícil treiná-lo, ele quer se tornar independente e você vai precisar ser mais autoritário.
Não se esqueça: o cachorro sempre pensa que está numa matilha, e você deve ser o chefe dessa matilha, não ele.
Treinando seu filhote Rottweiler
Você pode se apaixonar pelo seu filhote Rottweiler, mas não pode deixar de lhe dar toda a atenção necessária, inclusive no treinamento. É preciso começar cedo, ensiná-lo a respeitar. Afinal, você está buscando um companheiro que vai ficar do seu lado por muitos anos de sua vida.
Vamos entender os primeiros passos de um treinamento para um filhote Rottweiler:
·         Comece ensinando sua fofura Rottweiler a sentar. Todos os filhotes de cães têm muita energia para usar e, enquanto ele está pulando e correndo, ele não vai prestar atenção às lições. Enquanto está sentado, ele vai prestar mais atenção em você e em seus comandos. Mesmo que seja preciso forçá-lo a ficar sentado, empurrando a parte traseira, faça isso e vá dizendo palavras agradáveis, mostrando para o filhote o quanto está feliz com ele e repetindo sempre a palavra-comando: “Senta!”, com voz firme, mas carinhosa. Quando ele aprender isso, sempre que obedecer ao seu comando dê-lhe um petisco.
·         O próximo treinamento deve ser ensinar seu filhote a dar a pata. Não se esqueça de que ele é uma criança e precisa saber como atender. Cada vez que você disser “pata!”, pegue na pata de seu filhote e o elogie, até que ele entenda que deve dar a pata. Isso não vai levar muito tempo, já que se trata de uma raça bastante inteligente.
·         O seu filhote de Rottweiler precisa aprender o que significa “não!” e “pare!”. Essas palavras-comando são essenciais para você manter o controle sobre ele. Sempre que ele tentar morder sua mão, use essas palavras-comando, de maneira firme. Você não pode deixar seu filhote fazer o que bem entende, ele precisa saber que existem regras e que deve obedecê-las. Sua voz deve ser firme, mas não em tom alterado, para não provocar comportamentos mais agressivos. Ele deve entender que você é um amigo, não alguém que o castigue. Se necessário, pegue-o pelo focinho ou pela parte posterior do pescoço e mostre o que está querendo.
·         Ele vai querer sempre estar perto do seu dono, brincando e se fazendo notar. Você vai precisar de um comando correto para mantê-lo quieto, sem atrapalhar seus movimentos ou atividades. Use sempre a palma de sua mão aberta quando der algum comando e, para mantê-lo sentado e em um lugar determinado, use a palavra-comando “fica!”. Se ele não permanecer no lugar que você quer, repita o processo.
·         No processo de treinamento é necessário também que seu filhote tenha acesso a você para satisfazer suas necessidades de carinho e atenção. O comando “venha!” é o adequado, oferecendo a ele um petisco. Mas esse comando deve ser seguido sempre do comando para permanecer no lugar, é só assim que você vai conseguir que ele entenda que há horas certas para o carinho e brincadeiras e para as horas de obedecer.
Nunca grite com seu cão, filhote ou não: sempre fale com ele de forma delicada, com carinho na voz, mostrando o que você quer. Não seja impaciente e nunca o maltrate. O filhote de Rottweiler pode ser uma fofura enquanto filhote, mas será um grande e forte cão quando crescer. 
Não esqueça: quanto mais você mostrar amor, mais amor você terá de seu cãozinho.

Fonte de pesquisahttp://www.adimaxpet.com.br/noticias/racas/rottweiler-filhote-como-nao-se-apaixonar-por-essa-fofura

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Rottweiler salva cachorro de ataque de coiote


Um coiote foi pra cima de um cachorro da raça chihuahua, mas foi salvo graças a um corajoso rottweiler. Além de forçar o coiote a largar o cãozinho assustado, o cachorro herói ainda perseguiu o animal faminto. Veja as imagens!



quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Nunca aceitaremos isto



   Pessoal não e por que temos cães da raca Rottweiler que ficaremos quietos quando soubermos de um absurdo desses. Somos contra a qualquer tipo de maus tratos a qualquer animal. E somos a favor de penas severas a quem praticar qualquer maldade Ficaremos de olho e todas as noticias traremos pra vocês.

domingo, 10 de janeiro de 2016

Iniciando os Trabalho em 2016

Pessoal boa tarde. Apos´passar as datas e os feriadões, precisamos continuar nosso trabalho em mostrar o que e realmente a raça Rottweiler. Minha sobrinha que ja nao via a nossa menina a seis meses  acabou chaegando e olha o que aconteceu.








 Uma raça de cães considerada assassina toda meiga com uma menina de doze anos. Agora pergunto. Os acidentes que ocorrem com crianças e adultos  tem explicação para tais fatos???  Posso garantir que sim . Fica ai a dúvida para aqueles que ainda acham que o rottweiler é um cão agressivo. E bom lembrar sim que ele é um cão totalmente protetor da família e de seu território mas não faz dele um assassino. Que os transforma E O HOMEM

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Mais uma amiga manda fotos de seu lindo rottweiler


 Nossa amiga envia fotos do seu meninão.ZEUS. A proprietária e a Karoline Celine . Podia ter enviado mais fotos. Obrigado por confiar em nós .  

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Criadores realizam encontro de cães da raça Rottweiler na Ponte Estaiada


O evento visa desmitificar a ideia de que a raça é 100% agressiva.


Está programado para o dia 20 de setembro, às 8h da manhã, o 1º Encontro Oficial de Rottweilers. O evento deve contar com a participação de 60 criadores da raça, e seus respectivos cães. Considerada pela população com uma raça agressiva, o evento visa desmitificar essa ideia sobre os rottweilers.
“O pessoal estará mostrando que o animal é o reflexo da criação dada pelo dono. Será um encontro de amigos, onde vamos falar das dificuldades, facilidades e problemas que afetam os animais. Orientações de casos de doenças e adestramento”, explicou Evangelina Sousa, membro dos Guardiões dos Direitos dos Animais do Piauí.
Segundo os organizadores, a Secretaria Municipal de Economia Solidária – SEMEST, da Prefeitura Municipal de Teresina, tentou proibir a realização do encontro, alegando que o complexo turístico Ponte Estaiada não dispõe de espaço para exposição, em condições de cães, considerando ainda que são animais de grande porte e que podem oferecer risco aos frequentadores do local.
Em contrapartida, os organizadores alegam que o órgão entra em contradição, onde segundo eles, eventos com animais de grande porte já foram liberados no local, que pessoas caminham pelo espaço constantemente com seus animais, e não se tem nenhuma notícia de acidentes.
“Estão seguindo uma lei federal, que alega que o espaço público aberto pode ser utilizado para reuniões e independente de qualquer tipo de autorização do Estados, devendo haver apenas que fazer um aviso prévio, e isso estão fazendo, já foi comunicado”, alegou Evangelina.
Para o evento, considerando também que se trata de um espaço de preservação ambiental, a organização solicitou policiamento para a área.
Edição: Nayara Felizardo
Por: Marcos Cunha (estagiário)
Fonte de pesquisa  :http://www.portalodia.com/noticias/piaui/criadores-realizam-encontro-de-caes-da-raca-rottweiler-na-ponte-estaiada-247579.html


 



quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Rottweiler é um cão ideal para casas e sempre pronto para defender o dono

Criador Hoberdan avisa que, ao adquirir o rottweiler (assim como todo animal), é importante conhecer o pai e a mãe para saber da índole do cão


Robusto e imponente por natureza, muitas vezes o rottweiler é confundido com um cão perigoso, assustador e agressivo. Imagem distorcida de uma raça que tem na essência a proteção. O médico-veterinário Hoberdan Fernando Magalhães Souza, criador e diretor-técnico do Kennel Clube BH, entidade sem fins lucrativos com atuação voltada para o incentivo e divulgação da criação de cães de raça pura e que atua como cartório de registro desses animais, assegura que “o rottweiler é um cão de guarda que impõe respeito, é tranquilo, convive bem com as crianças e faz a proteção do ambiente e das pessoas de que gosta”.

Hoberdan explica que o rottweiler é um cão de confiança e autocontrole. “Ele é seguro, tem a autoestima lá em cima e sabe do seu potencial. Não late para assustar as pessoas. Sua preocupação sempre é o dono e, se percebe na visita, por exemplo, uma condição amistosa e não vê ameaça, fica indiferente.” Por isso, ele ensina que é importante que o proprietário tenha contato próximo com o cão, sem restrição, e faça-o conviver com as crianças. E alerta que o rottweiler não é para ficar solto num churrasco, no meio de uma festa, porque sua convivência é com a família. “Com o estranho, ele agirá como cão de guarda.”O médico-veterinário diz que o rottweiler é uma raça própria para casa porque ele precisa de espaço para exercitar, é um cão de grande massa muscular. Ele precisa de boa alimentação, ração de qualidade (duas vezes ao dia para o adulto e de três a quatro para o filhote), e de água fresca sempre à disposição.

Como criador, Hoberdan avisa que, ao adquirir o rottweiler (assim como todo animal), é importante conhecer o pai e a mãe para saber da índole do cão. “Ter um rottweiler com registro da genealogia é garantia de linhagem pura, é saber que adquiriu um cão com as características físicas e psicológicas que procura. Caso contrário, será sem padrão, sem referência e um risco.”

Cuidados

Hoberdan fala que o rottweiler requer cuidados simples e básicos. Banho a cada 15 dias e uma escovação por semana para mantê-lo limpo. Para sair, sempre usar a guia, equipamento de contenção, como deve ser para todo animal. Quanto ao adestramento, ele lembra que, se quiser ou for preciso, é importante, porque o adestramento suaviza a relação entre cão e proprietário. Ele conta que a raça, muito inteligente, “aceita facilmente o comando e tem aprendizagem rápida.É preciso ter atenção com a vacinação. Apesar de não ter cuidados especiais ou doenças específicas, a saúde do rottweiler não pode ser negligenciada. “É importante ter acesso aos exames de controle genético de doenças. É preciso ter cuidado porque ele pode ter displasia coxofemoral, um problema de quadril, de dor e desgaste que dificultara a locomoção. Para evitar, é fundamental o controle prévio no acasalamento dos pais.”

Portanto, quem tem alguma resistência pode jogar por terra a imagem errada. É hora de desmistificar. Além de bonito, o rottweiler é fácil de lidar dentro de casa. Ele não late à toa, não fica agitado e quem tem um, normalmente, não troca mais de raça. Ele agrega dois perfis fundamentais: tem a real funcionalidade, é um cão família e protetor, além de ser ágil e corajoso. Vale lembrar que um filhote de linhagem pura varia de R$ 1,5 mil a R$ 3 mil. E o conselho de Hoberdan para quem vai comprar um cachorro, seja qual for, é lembrar que “ele ficará com você, no mínimo, por 10 anos. Por isso, tem de saber o perfil da raça e se combina com o de quem está adquirindo”.

Perfil


Origem: Alemanha
Função: guarda
Tamanho: machos, de 61cm a 68cm na cernelha (ombro ao chão); e fêmeas, de 56cm a 63cm na cernelha
Tempo médio de vida: entre 12 e 15 anos
Comportamento/temperamento: é amigável e pacífico, muito apegado à família, fácil de conduzir e ávido por trabalho. É autoconfiante, com coragem e nervos firmes. Sempre atento a tudo que o cerca, reage com grande presteza.
Aparência geral: é um cão robusto e grande. Sua estrutura, em proporções corretas, forma uma figura compacta, forte e bem proporcionada, revelando potência, agilidade e resistência.

Fonte de pesquisa :http://www.diariodepernambuco.com.br/app/46,53/2015/08/26/interna_pecao,593060/rottweiler-e-um-cao-ideal-para-casas-e-sempre-pronto-para-defender-o-dono.shtml