Nossa garota

Nossa garota

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Essa e a formação óssea de um rottweiler. Esta figura mostra o cão com o rabo cortado. Hoje é expressamente proibido qualquer modificação no cão . É considerado mutilação. Isso aplica em qualquer tipo de cão.

domingo, 7 de junho de 2009

A nossa menina Strong Race Troia fazendo sucesso tirando foto para calendário com cinco meses
Esse rapaz aí é de propriedade de um grande amigo proprietario do Canil Strong race , meu amigo Teixeirinha , que por sinal um dos maiores cridores de rottweiler no Brasil
Rottweiler adulto


Essa foto pra mim é a coisa mais bonita . A mãe amamentando seus filhotes. Cada pessoa que marginaliza, ataca tanto a raça deveria presenciar esta fêmea amamentando seus filhotes. 
Essa mais uma vez é a Strong Race Tróia já com sete meses começando atender aos comandos
  A maior contradição feita pelos homens que marginalizam e querem acabar com a raça
Essa é a Strong Race Troia, essa é a nossa menina já com sete meses

origens da RAÇA ROTTWEILER

As origens do Rottweiler remontam ao tempo dos Romanos e consta como uma das raças mais antigas do mundo...


O Rottweiler, como muitas outras raças, é resultado de muitos anos de criação selectiva.Pensa-se que os progenitores da raça foram os cães Molossoides que acompanhavam as legiões Romanas. A resistência destes cães permitia-lhes efectuar os percursos mais árduos. Além disso, a sua função de guarda protegia as manadas de lobos e de eventuais ladrões de gado.
Após a bem sucedida invasão do sul da Alemanha, a cidade então conhecida como Arae Flaviae foi ocupada. Importante centro administrativo e social, fundado cerca dois séculos antes de Cristo, transformou-se e prosperou.As casas cobertas de telhas artesanais vermelhas acabaram por influenciar o nome da cidade, sendo este Rottwil (Vila Vermelha). Mais tarde alterou-se para Rottweil, como hoje é conhecida.É provável que os cães romanos deixados para trás após a ocupação, dado às suas características combativas e de guarda, viessem a ser cruzados com os cães locais. Esta necessidade deveu-se à proliferação do comércio de gado. Vindos de grandes distâncias, como a Suíça, França e Hungria, os fazendeiros que conduziam o gado até ao mercado de Rottweil tinham necessidade de guardar a sua mercadoria. Os cães locais rapidamente se fizeram notar. Estes eram conhecidos com os cães dos carniceiros (metzgerhund) de Rottweil.Existem alguns contos de comerciantes de gado que relatam que após um dia de negócios bem sucedido a celebração em tabernas era inevitável. Para garantir que os seus lucros não fossem roubados o dinheiro era preso a volta do pescoço dos cães.
A inteligência e polivalência dos cães de Rottweil permitiam que fossem também usados na condução de gado. Atenção redobrada, robustez, agilidade e uma força de mandíbula considerável eram características necessárias para manter uma manada submissa.
História e Características Gerais da Raça

O Rottweiler já era utilizado pelos soldados romanos para acompanhar e guardar os rebanhos de gado, desde o primeiro século, nas viagens que eles faziam pela Europa. Também era comum ver estes cães puxando pequenas carroças e carregando as bolsas de dinheiro atadas aos seus pescoços. E quem seria o maluco de tentar tirar o dinheiro de lá?
Nesta época, a cidade de Rottweil, na Alemanha, era o principal centro de comércio de animais da Europa e é de lá que estes majestosos animais ganharam seu nome e fama.
Mas nem sempre eles foram tão populares assim. Quando a tecnologia trouxe meios mais baratos e rápidos para transportar mercadorias, como por exemplo as ferrovias, o Rottweiler praticamente desapareceu. Graças a criadores apaixonados e dedicados a raça foi salva da quase extinção e se tornou novamente popular no início do século 20, sendo reconhecida pelo American Kenel Club em 1930 e pelo Kenel Clube da Grã Bretanha em 1936.
Usado largamente como cão de guarda em todo o mundo, uma outra característica de trabalho do Rottweiler que poucos conhecem é seu magnífico desempenho como cão pastor. Criadores e treinadores de cães para este tipo de trabalho são unânimes em dizer que o Rottweiler é um pastor nato e que não precisa ser "treinado" para executar esta função. Basta reforçar os comportamentos desejados, que aparecerão instintivamente, e um Rottweiler irá trazer o gado, ovelhas ou perus para o seu mestre. Ainda sobre a habilidade destes cães em pastorear animais, um Rottweiler que seja usado para este fim saberá dosar a agressividade necessária para manter os animais na linha.
Assim, se ele estiver pastoreando gado, o cão pode se utilizar de mordidas nos calcanhares ou focinho das rezes para guia-las. Se, por outro lado, os animais a serem conduzidos forem ovelhas, patos ou perus, O Rottweiler irá apenas usar o seu tamanho e presença para controlar o rebanho.
Rottweilers também são ótimos companheiros, especialmente para quem gosta de competições. Nos Estados Unidos eles são detentores de diversos prêmios em competições de obediência, rastreamento e tração. "Agility", no entanto não é o forte desta raça já que, freqüentemente, raças menores e mais leves conseguem fazer o percurso em menos tempo.
Tamanho - Machos: de 60 cm a 68 cm; Fêmeas de 55 cm a 63 cm (na cernelha).
Peso - em torno de 50 quilos.
Aparência: Corpo forte e vigoroso; movimentos soltos e energéticos
Rott sendo adestrado


que tal um presente ?


Rottweiler adulto














DICAS DE COMO CUIDAR DO SEU FILHOTE


  Alimentação e Cuidados


Serão oferecidas 3 x ao dia, com espaço mínimo de 6 horas entre as refeições. Ração seca em quantidades compatíveis com o tamanho do filhote, o ideal é que ele coma tudo. As sobras deverão ser desprezadas para evitar fermentação e ao mesmo tempo afastar a presença de roedores e outros agentes contaminadores. Caso opte pela alimentação contínua, observe este detalhe. Ofereça sempre produtos de boa qualidade, para evitar gastos desnecessários com suplementações e remédios.

Mantenha seu filhote protegido de locais com umidade, longe de corrente de ar e chuva, para que o mesmo adquira imunidade suficiente para suportar tais condições.

Para uma boa convivência, desde já, estipule regras que serão válidas para a vida inteira. O que pode hoje, poderá para sempre, ao mesmo tempo, o que é indesejável deverá ser reprimido de forma ostensiva, fazendo com que o mesmo se adapte à sua rotina, seus anseios e suas necessidades.

Estimule os acertos com elogios e brincadeiras, os erros com reprimendas sempre acompanhadas de um não bem forte, tentando mostrar para ele que aquilo não deverá acontecer novamente. Caso o mesmo insista, tente distrai-lo com algum brinquedo ou tire-o do local onde está acontecendo tal evento.

Não deixar que seu filhote coma coisas do chão, muito menos oferecer petiscos fora do horário estipulado para sua alimentação, agindo dessa maneira você estará contribuindo para que o mesmo aprenda a não se corromper e para que não corra o risco de se envenenar, comendo coisas oferecidas ou deixadas por estranhos.

Evite banhos com espaço de tempo muito curto, o ideal seria a cada 30 dias ou mais, escove-o de 2 em 2 dias com rasqueador de cerdas de aço, para retirada do pelo morto, evitando assim o cheiro característico que o mesmo produz.

Só leva-lo para passeios na rua após o término das vacinas, que deverão se completar por volta do 5º ou 6º mês.
O filhote deverá ser vacinado após a 7ª semana, repetindo as doses de 21 em 21 dias , num total de 4 doses. Posteriormente aplica-se a raiva.


As brincadeiras são sempre bem vindas, eles adoram. Procure incentiva-lo com bolinhas, jogando para ele buscar. Pegue um pano e faça um cabo de guerra, deixo-o ganhar sempre.
Ao contrário dos que muitos pensam , isso não incentiva a agressividade, essa brincadeira nos dá a oportunidade de desde cedo ensina-lo a largar e a obedecer, mostrando a ele sua autoridade e liderança.
O Rottweiler está sempre disposto a aprender, cabe a nós ensiná-lo, para depois não cobrar dele coisas que ele não aprendeu.


Para sua permanência diária, é ideal a construção de um canil. Que deverá ter preferencialmente 4 ou 5mts. de comprimento por 2mts de largura, sendo 1,5mts coberto com tablado de madeira na parte interna e o restante destinado ao solarium. Para limpeza usaremos uma solução de cloro na proporção de 30ml para cada litro de água. Essa desinfecção poderá ser feita 2 x por semana. Retire o cão do local no momento da tarefa, deixe escoar e retorne com o mesmo.

ATENÇÃO:

A verminose é um dos fatores que mais contribuem para o aparecimento de enfermidades que minam a saúde e a imunidaade do seu filhote, tornando-se as vezes irreversíveis. Portanto sugerimos o seguinte esquema de vermifugação:
Até o 6º mês, uma vez a cada 30 dias.
Do 6º ao 12º mês, uma vez a cada 60 dias.
A partir daí uma vez a cada 4 meses, observando o peso do animall sempre com dosagens compatíveis com o peso, 1 comp. para cada 10 kg. ou de acordo com o sugerido pelo seu veterinário.

FOTO DE UM ROTTWEILER ADULTO


Esse já é um rottweiler adulto


Esse um filhote que com certeza vai crescer ainda bastante


fotos de rottweiler




Como sou um apaixonado pela raça Rottweiler, coletei uma série de fotos dos cães que muitas vezes são considerados assassinos, porém considero o verdadeiro assassino certos donos da raça que instruem seus cães para ter tal instinto. Não posso negar que o rottweiler realmente é um cão perigoso.