Nossa garota

Nossa garota

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Rottweiler agressivo amedronta moradores




IPATINGA - Maria Marcilene Rodrigues e seu esposo Geraldo Gabriel da Silva procuraram o Jornal Vale do Aço para denunciar um caso que vem tirando o sossego dos moradores da Rua Água Cristalina, no Bairro das Fontes, em Ipatinga. Um cão de grande porte da raça rottweiler que pertence a Vanderlei José Inácio que, segundo a denúncia, não toma os devidos cuidados para a manutenção do animal, está ameaçando o sossego e a integridade física dos moradores da localidade. 

Segundo o casal, no dia 23 de dezembro do ano passado seus dois filhos, um de nove e o outro de quatro anos, foram atacados pelo cão enquanto brincavam no quintal da residência de um vizinho com outras crianças moradoras da mesma localidade. Felizmente populares conseguiram intervir e afastar o cão das crianças antes que ele chegasse a mordê-las. 

Esse não foi o primeiro relato de ataque desse rottweiler, que já teria avançado em uma senhora de 74 anos, que também foi salva pela ação dos vizinhos. Após o ataque às crianças, os moradores da rua fizeram um abaixo assinado, pedindo a retirada do animal do local. Entretanto os apelos da comunidade foram ignorados pelo responsável pelo cão, que além de permanecer com animal ainda voltou a soltá-lo. 

No dia 10 de março desse ano, em um sábado, diversas crianças brincavam na rua quando foram surpreendidas pelo cão, que estava solto pela via pública. O corpo de bombeiros foi acionado, mas não puderam apreender o animal, alegando que ele já havia sido recolhido ao abrigo.

Diante disso Maria Marcilene e seu esposo protocolaram um documento expondo o caso e solicitando que sejam tomadas as providências necessárias para que o animal seja removido do local, ou que o responsável por ele realize as mudanças necessárias para que ele possa permanecer ali com segurança. 

O documento foi entregue ao serviço de Zoonoses de Ipatinga e ao Ministério Público, no fim do mês de março desse ano. Até o momento a situação continua irresoluta. Diante disso ressoa o questionamento feito por Gabriel, pai dos meninos atacados pelo cão: “Será que essa fera terá que matar uma criança na rua para que alguma coisa seja feita?” 




João batista: Infelizmente a gente é obrigado a ir a favor do moradores. Agora pergunto ??? Por causa do cachorro??? Claro que não ; por causa do infeliz que tem um rottweiler que não tem culpa nenhuma e seu dono  não toma cuidados devidos em deixá-lo em lugar adequado. Ai o rott fica na rua amedrontando as pessoas e com razão as pessoas tem mais é que reclamar seu direito de ir e vir . Não estou falando mau do rottweiler e sim do infeliz que deveria ser punido severamente com multas , cadeia  por que assim ele aprende. É capaz dele aprender mais se mexer no bolso dele ........

Nenhum comentário: