Nossa garota

Nossa garota

quarta-feira, 11 de julho de 2012

A INDIGNAÇÃO DE UMA PROPIETÁRIA DE UM ROTTWEILER



Sou uma moradora da Avenida Goiás N° 1527 e quero deixar aqui minha perplexidade com o ser humano. Eu tinha um cachorro da raça ROTTWEILER, totalmente manso, bem tratado, vacinado, vermifugado e muito, muito amado. Este animal nunca mordeu ninguém, até porque nunca o deixei sair na rua, bem diferente de muitas pessoas que soltam os seus para fazerem as necessidades nos canteiros.

Na manhã do dia 17 de abril, Bem-Hur, (o cão) amanheceu morto. Como ele estava em tratamento, a doutora Luciane de Paula Alvizi sugeriu uma autópsia e foi então que descobrimos que o cachorro foi envenenado com o tal de "chumbinho".

Eu fico pensando, como uma pessoa se acha no direito de fazer uma maldade dessas com um bicho que nunca fez nada com ninguém? Como uma pessoa pode se achar no direito de mandar no quintal do outro, se pôr como dono do mundo? Gente, isso não pode acontecer. Onde vamos parar? O mundo está perdido. Acabou a compaixão, a dignidade a humanidade, se bem que uma pessoa dessa, não é digna de nada disso. Acho que nem pode ser chamada de gente e nem de bicho. Seria uma ofensa aos bichinhos . O que eu acho pior de tudo isso, é que são covardes, não se mostram, fazem tudo na surdina. Quando se é ruim tem que ter a hombridade de se assumir , porque a pessoa pode ser o que for, mas quando ela se assume merece respeito. Gente, vamos cuidar. Hoje foi o meu, mas vocês sabem como é, quando isso começa... Deixo aqui minha total indignação. A todos um bom dia. À pessoa que matou o meu bem, um muito obrigada por tamanha tristeza. Se era essa a intenção, você pode ficar feliz, conseguiu.

Fonte de consulta : http://www.ocorreionews.com.br/noticia/11480-noticia-do-internauta-indignacao.html

2 comentários:

Ana Tananta disse...

Olá.

Querido vc pode me dizer se estao fzd alguma mobilizacao contra a lei de CastraÇao?

joao batista duarte gaburri disse...

Infelizmente não tenho informações exatas para informar; mas acredito que os grandes criadores e as ONG's, quem sabem as organizações de clubes com certeza estão se movimentando para esta lei não passar . Mais uma vez estão exterminando o "bicho" errado . Quem deve pagar não é o que tem quatro patas mas sim o que tem duas "patas". Abraços João batista