Nossa garota

Nossa garota

domingo, 7 de junho de 2009

DICAS DE COMO CUIDAR DO SEU FILHOTE


  Alimentação e Cuidados


Serão oferecidas 3 x ao dia, com espaço mínimo de 6 horas entre as refeições. Ração seca em quantidades compatíveis com o tamanho do filhote, o ideal é que ele coma tudo. As sobras deverão ser desprezadas para evitar fermentação e ao mesmo tempo afastar a presença de roedores e outros agentes contaminadores. Caso opte pela alimentação contínua, observe este detalhe. Ofereça sempre produtos de boa qualidade, para evitar gastos desnecessários com suplementações e remédios.

Mantenha seu filhote protegido de locais com umidade, longe de corrente de ar e chuva, para que o mesmo adquira imunidade suficiente para suportar tais condições.

Para uma boa convivência, desde já, estipule regras que serão válidas para a vida inteira. O que pode hoje, poderá para sempre, ao mesmo tempo, o que é indesejável deverá ser reprimido de forma ostensiva, fazendo com que o mesmo se adapte à sua rotina, seus anseios e suas necessidades.

Estimule os acertos com elogios e brincadeiras, os erros com reprimendas sempre acompanhadas de um não bem forte, tentando mostrar para ele que aquilo não deverá acontecer novamente. Caso o mesmo insista, tente distrai-lo com algum brinquedo ou tire-o do local onde está acontecendo tal evento.

Não deixar que seu filhote coma coisas do chão, muito menos oferecer petiscos fora do horário estipulado para sua alimentação, agindo dessa maneira você estará contribuindo para que o mesmo aprenda a não se corromper e para que não corra o risco de se envenenar, comendo coisas oferecidas ou deixadas por estranhos.

Evite banhos com espaço de tempo muito curto, o ideal seria a cada 30 dias ou mais, escove-o de 2 em 2 dias com rasqueador de cerdas de aço, para retirada do pelo morto, evitando assim o cheiro característico que o mesmo produz.

Só leva-lo para passeios na rua após o término das vacinas, que deverão se completar por volta do 5º ou 6º mês.
O filhote deverá ser vacinado após a 7ª semana, repetindo as doses de 21 em 21 dias , num total de 4 doses. Posteriormente aplica-se a raiva.


As brincadeiras são sempre bem vindas, eles adoram. Procure incentiva-lo com bolinhas, jogando para ele buscar. Pegue um pano e faça um cabo de guerra, deixo-o ganhar sempre.
Ao contrário dos que muitos pensam , isso não incentiva a agressividade, essa brincadeira nos dá a oportunidade de desde cedo ensina-lo a largar e a obedecer, mostrando a ele sua autoridade e liderança.
O Rottweiler está sempre disposto a aprender, cabe a nós ensiná-lo, para depois não cobrar dele coisas que ele não aprendeu.


Para sua permanência diária, é ideal a construção de um canil. Que deverá ter preferencialmente 4 ou 5mts. de comprimento por 2mts de largura, sendo 1,5mts coberto com tablado de madeira na parte interna e o restante destinado ao solarium. Para limpeza usaremos uma solução de cloro na proporção de 30ml para cada litro de água. Essa desinfecção poderá ser feita 2 x por semana. Retire o cão do local no momento da tarefa, deixe escoar e retorne com o mesmo.

ATENÇÃO:

A verminose é um dos fatores que mais contribuem para o aparecimento de enfermidades que minam a saúde e a imunidaade do seu filhote, tornando-se as vezes irreversíveis. Portanto sugerimos o seguinte esquema de vermifugação:
Até o 6º mês, uma vez a cada 30 dias.
Do 6º ao 12º mês, uma vez a cada 60 dias.
A partir daí uma vez a cada 4 meses, observando o peso do animall sempre com dosagens compatíveis com o peso, 1 comp. para cada 10 kg. ou de acordo com o sugerido pelo seu veterinário.

Um comentário:

Joao Batista disse...

Alimentação e Cuidados


Serão oferecidas 3 x ao dia, com espaço mínimo de 6 horas entre as refeições. Ração seca em quantidades compatíveis com o tamanho do filhote, o ideal é que ele coma tudo. As sobras deverão ser desprezadas para evitar fermentação e ao mesmo tempo afastar a presença de roedores e outros agentes contaminadores. Caso opte pela alimentação contínua, observe este detalhe. Ofereça sempre produtos de boa qualidade, para evitar gastos desnecessários com suplementações e remédios.

Mantenha seu filhote protegido de locais com umidade, longe de corrente de ar e chuva, para que o mesmo adquira imunidade suficiente para suportar tais condições.

Para uma boa convivência, desde já, estipule regras que serão válidas para a vida inteira. O que pode hoje, poderá para sempre, ao mesmo tempo, o que é indesejável deverá ser reprimido de forma ostensiva, fazendo com que o mesmo se adapte à sua rotina, seus anseios e suas necessidades.

Estimule os acertos com elogios e brincadeiras, os erros com reprimendas sempre acompanhadas de um não bem forte, tentando mostrar para ele que aquilo não deverá acontecer novamente. Caso o mesmo insista, tente distrai-lo com algum brinquedo ou tire-o do local onde está acontecendo tal evento.

Não deixar que seu filhote coma coisas do chão, muito menos oferecer petiscos fora do horário estipulado para sua alimentação, agindo dessa maneira você estará contribuindo para que o mesmo aprenda a não se corromper e para que não corra o risco de se envenenar, comendo coisas oferecidas ou deixadas por estranhos.

Evite banhos com espaço de tempo muito curto, o ideal seria a cada 30 dias ou mais, escove-o de 2 em 2 dias com rasqueador de cerdas de aço, para retirada do pelo morto, evitando assim o cheiro característico que o mesmo produz.

Só leva-lo para passeios na rua após o término das vacinas, que deverão se completar por volta do 5º ou 6º mês.
O filhote deverá ser vacinado após a 7ª semana, repetindo as doses de 21 em 21 dias , num total de 4 doses. Posteriormente aplica-se a raiva.


As brincadeiras são sempre bem vindas, eles adoram. Procure incentiva-lo com bolinhas, jogando para ele buscar. Pegue um pano e faça um cabo de guerra, deixo-o ganhar sempre.
Ao contrário dos que muitos pensam , isso não incentiva a agressividade, essa brincadeira nos dá a oportunidade de desde cedo ensina-lo a largar e a obedecer, mostrando a ele sua autoridade e liderança.
O Rottweiler está sempre disposto a aprender, cabe a nós ensiná-lo, para depois não cobrar dele coisas que ele não aprendeu.


Para sua permanência diária, é ideal a construção de um canil. Que deverá ter preferencialmente 4 ou 5mts. de comprimento por 2mts de largura, sendo 1,5mts coberto com tablado de madeira na parte interna e o restante destinado ao solarium. Para limpeza usaremos uma solução de cloro na proporção de 30ml para cada litro de água. Essa desinfecção poderá ser feita 2 x por semana. Retire o cão do local no momento da tarefa, deixe escoar e retorne com o mesmo.

ATENÇÃO:

A verminose é um dos fatores que mais contribuem para o aparecimento de enfermidades que minam a saúde e a imunidaade do seu filhote, tornando-se as vezes irreversíveis. Portanto sugerimos o seguinte esquema de vermifugação:
Até o 6º mês, uma vez a cada 30 dias.
Do 6º ao 12º mês, uma vez a cada 60 dias.
A partir daí uma vez a cada 4 meses, observando o peso do animall sempre com dosagens compatíveis com o peso, 1 comp. para cada 10 kg. ou de acordo com o sugerido pelo seu veterinário.