Nossa garota

Nossa garota

terça-feira, 1 de março de 2016

Rottweiler filhote - como não se apaixonar por essa fofura?

A raça Rottweiler é uma das mais bonitas e agradáveis para se ter como animal de estimação. mas é um tipo de cão que precisa de treinamento. Como se trata de um cachorro muito poderoso, se não for bem treinado poderá criar sérios problemas.

O Rottweiler é uma raça muito territorial e protetora, sendo um grande aliado na proteção da casa e da família à qual pertence, e sua presença, pelo simples ato de estar presente, é bastante intimidadora, só que eles podem ser muito dóceis e ligados às pessoas da família. Para isso, é preciso que ele entenda o espaço que ocupa e que deve sempre obedecer ao seu dono.

Para você, que busca ter como animal de estimação um Rottweiler, é preciso entender o temperamento do filhote que você escolher. Muitos deles são bastante apegados e carinhosos, enquanto outros podem se mostrar mais agressivos, seja com outros animais ou com pessoas estranhas à família.
Escolhendo um bom filhote Rottweiler
Com qualquer filhote de cachorro você vai se sentir apaixonado. O filhote de cão sempre desperta nosso lado carinhoso e protetor. Para um filhote Rottweiler não é diferente, ele é carinhoso, ele busca proteção e sua inteligência, muito acima da média para os cães, o torna um dos grandes preferidos na hora de escolher um animal de estimação.
A raça Rottweiler é naturalmente leal aos seus donos e adoram agradá-los. Quando você escolher um filhote, deixe-se apaixonar por ele, mas observe suas reações, como com qualquer outro filhotinho. O treinamento do seu filhote deve começar logo cedo, após a sexta semana de vida, enquanto é mais fácil fazer com que entenda as regras.
O melhor da raça Rottweiler é que eles adoram aprender. Quanto mais tempo você puder ficar perto dele, mais ele vai se dedicar ao aprendizado. Você não pode deixá-lo desenvolver sua capacidade destrutiva: quando filhotes, os Rottweiler geralmente têm uma tendência a destruir brinquedos e outros objetos que estejam acessíveis. Verifique se ele é teimoso: quando teimoso, será mais difícil treiná-lo, ele quer se tornar independente e você vai precisar ser mais autoritário.
Não se esqueça: o cachorro sempre pensa que está numa matilha, e você deve ser o chefe dessa matilha, não ele.
Treinando seu filhote Rottweiler
Você pode se apaixonar pelo seu filhote Rottweiler, mas não pode deixar de lhe dar toda a atenção necessária, inclusive no treinamento. É preciso começar cedo, ensiná-lo a respeitar. Afinal, você está buscando um companheiro que vai ficar do seu lado por muitos anos de sua vida.
Vamos entender os primeiros passos de um treinamento para um filhote Rottweiler:
·         Comece ensinando sua fofura Rottweiler a sentar. Todos os filhotes de cães têm muita energia para usar e, enquanto ele está pulando e correndo, ele não vai prestar atenção às lições. Enquanto está sentado, ele vai prestar mais atenção em você e em seus comandos. Mesmo que seja preciso forçá-lo a ficar sentado, empurrando a parte traseira, faça isso e vá dizendo palavras agradáveis, mostrando para o filhote o quanto está feliz com ele e repetindo sempre a palavra-comando: “Senta!”, com voz firme, mas carinhosa. Quando ele aprender isso, sempre que obedecer ao seu comando dê-lhe um petisco.
·         O próximo treinamento deve ser ensinar seu filhote a dar a pata. Não se esqueça de que ele é uma criança e precisa saber como atender. Cada vez que você disser “pata!”, pegue na pata de seu filhote e o elogie, até que ele entenda que deve dar a pata. Isso não vai levar muito tempo, já que se trata de uma raça bastante inteligente.
·         O seu filhote de Rottweiler precisa aprender o que significa “não!” e “pare!”. Essas palavras-comando são essenciais para você manter o controle sobre ele. Sempre que ele tentar morder sua mão, use essas palavras-comando, de maneira firme. Você não pode deixar seu filhote fazer o que bem entende, ele precisa saber que existem regras e que deve obedecê-las. Sua voz deve ser firme, mas não em tom alterado, para não provocar comportamentos mais agressivos. Ele deve entender que você é um amigo, não alguém que o castigue. Se necessário, pegue-o pelo focinho ou pela parte posterior do pescoço e mostre o que está querendo.
·         Ele vai querer sempre estar perto do seu dono, brincando e se fazendo notar. Você vai precisar de um comando correto para mantê-lo quieto, sem atrapalhar seus movimentos ou atividades. Use sempre a palma de sua mão aberta quando der algum comando e, para mantê-lo sentado e em um lugar determinado, use a palavra-comando “fica!”. Se ele não permanecer no lugar que você quer, repita o processo.
·         No processo de treinamento é necessário também que seu filhote tenha acesso a você para satisfazer suas necessidades de carinho e atenção. O comando “venha!” é o adequado, oferecendo a ele um petisco. Mas esse comando deve ser seguido sempre do comando para permanecer no lugar, é só assim que você vai conseguir que ele entenda que há horas certas para o carinho e brincadeiras e para as horas de obedecer.
Nunca grite com seu cão, filhote ou não: sempre fale com ele de forma delicada, com carinho na voz, mostrando o que você quer. Não seja impaciente e nunca o maltrate. O filhote de Rottweiler pode ser uma fofura enquanto filhote, mas será um grande e forte cão quando crescer. 
Não esqueça: quanto mais você mostrar amor, mais amor você terá de seu cãozinho.

Fonte de pesquisahttp://www.adimaxpet.com.br/noticias/racas/rottweiler-filhote-como-nao-se-apaixonar-por-essa-fofura

Nenhum comentário: