Nossa garota

Nossa garota

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

CUIDADOS COM A GRAVIDEZ DE SUA CADELA

O cruzamento deve ser acordado entre os donos dos cães para a altura do cio da mesma. Deve-se evitar o cruzamento de animais de raças diferentes com grande disparidade de tamanhos entre o macho e a fêmea, pois geralmente leva a complicações no parto.








Quando se pensa em acasalar uma cadela a alimentação é essencial, já que das boas condições físicas da mãe dependerá o nascimento de uma ninhada forte e saudável. Os cuidados alimentares devem ter início após o cruzamento e manterem-se até 15 dias após o desmame. A fêmea não deve estar gorda quando cruzar e não pode receber gorduras na alimentação. A obesidade em uma cadela grávida pode ter consequências sérias. Por exemplo, no caso de haver necessidade de um parto por cesariana, a gordura é um incómodo a evitar.






A cadela em gestação tem necessidade de muitas proteínas e uma complementação alimentar de cálcio e sais minerais. As proteínas podem ser encontradas nos próprios alimentos como a carne, o leite, verduras ou ração. No entanto, o cálcio deve ser ministrado com orientação do veterinário.






O proprietário deve estar sempre atento para que a cadela tenha água limpa e fresca à vontade. Os farináceos devem ser totalmente evitados, pois propiciam a formação de gases e como consequência aparecem as cólicas intestinais. As cadelas de pequenas dimensões podem sofrer de eclampsia, falta de cálcio devido à amamentação pelo que é conveniente tratar com o seu veterinário de fornecer um suplemento de forma a prevenir esta situação.




Um cuidado para evitar problemas digestivos é oferecer à cadela um maior número de refeições por dia, com quantidades menores de alimento de cada vez. Exercícios moderados até a época do parto são aconselhados.




Deve-se escolher um local onde a cadela possa efetuar o seu "ninho" de forma a ter as crias à sua vontade sem interferências. No caso de cadelas de grande porte, atenção a que inadvertidamente não esmaguem as suas crias. Deve-se tomar cuidado pois as cadelas podem tornar-se agressivas durante este período em defesa dos filhotes.






A saúde dos cachorros deve estar em primeiro lugar. Uma radiografia e ecografia de controle são aconselhadas para  saber o número de fetos e para verificar se  estão vivos. Não deve de forma alguma tratar de todo o processo de cruzamento, gestação e parto sem uma visita ao veterinário. Se durante a gestação tiver surgido algum problema, este pode ser previsto e/ou evitado/ com o recurso a profissionais.






A alimentação dos cachorros pode ser complementada caso o leite materno seja insuficiente com o recurso a leites de substituição.





Fonte Pesquisa: http://arcadenoe.sapo.pt/artigo/cuidados_a_ter_com_cadelas_gravidas/36

Nenhum comentário: